O Windows 10 e os seus serviços online

O Windows é um sistema operativo, ou seja, um programa de software que suporta funções básicas, como a gestão de ficheiros e a execução de aplicações, e que utiliza periféricos como a impressora, o monitor, o teclado e o rato. No passado, Windows designava apenas o software existente no seu dispositivo. Agora, com o Windows 10, há partes importantes do Windows que se baseiam na nuvem, interagindo com serviços online. Saiba mais sobre o Windows 10.

Este artigo apresenta exemplos concretos do processo e dos objetivos do Windows ao enviar e obter informações com vista aos seguintes benefícios: para lhe dar acesso a serviços online, como o Outlook, o OneDrive, a Cortana, o Skype, o Bing e a Microsoft Store, para personalizar as suas experiências no Windows, para ajudar a manter as preferências e ficheiros sincronizados em todos os seus dispositivos, para ajudar a manter o seu dispositivo atualizado e para nos ajudar a fazer com que as próximas funcionalidades do Windows possam vir ao encontro das suas expetativas.

Para compreender todos os detalhes sobre como a Microsoft utiliza as informações, leia a Declaração de Privacidade da Microsoft. O Windows oferece um grande controlo sobre as definições de privacidade.


Utilizar o dispositivo

Produtos do Office no Windows 10 com um teclado e rato

O seu dispositivo pode ter uma câmara, um microfone, serviços de localização, mensagens, uma lista de contactos e um calendário — funcionalidades típicas de um tablet, smartphone ou PC. As aplicações da Microsoft Store que utilizem alguma destas funcionalidades têm de o indicar na página de descrição do produto da aplicação na Microsoft Store. Também têm de indicar uma hiperligação para uma declaração de privacidade para descrever qualquer utilização dos seus dados pessoais. Para ver e controlar quais destas aplicações têm acesso a funcionalidades como a câmara, o microfone e os serviços de localização, aceda a Definições > Privacidade.

Comunicar com pessoas

Quando comunica com os amigos, com a família e os parceiros comerciais, como ao enviar mensagens de texto (SMS, MMS, etc.) num dispositivo Windows, temos de obter o conteúdo da mensagem para a entregar na sua pasta A Receber, apresentá-la, permitir que possa responder-lhe e armazená-la por si até a eliminar. Para comunicações em tempo real, uma aplicação de chamadas telefónicas precisa de saber o número de telefone da pessoa que pretende contactar.

Para ajudar outras pessoas a ligarem-se ao utilizador, alguns serviços permitem que as pessoas procurem por si por endereço de e-mail ou número de telefone. Por exemplo, pessoas que conhecem o seu endereço de e-mail ou número de telefone podem utilizá-lo para procurar por si no Skype e enviar-lhe um convite para interagir com elas.

Comprar aplicações

Quando compra aplicações e outros itens na Microsoft Store, recolhemos a sua informação de pagamento para a enviar ao banco e cobrarmos o seu pagamento. Isto pode incluir o número do instrumento de pagamento (tal como um número de cartão de crédito), o nome completo do titular da conta e o código de segurança.

Manter as crianças em segurança

Para compreender e definir limites sobre o que as crianças podem fazer nos seus dispositivos e online, os adultos podem optar por utilizar definições de família como o tempo passado em frente ao ecrã e o relatório de atividade, entre outras. Os adultos da família têm dois recursos: account.microsoft.com/family para gerir as atividades dos menores nos dispositivos, incluindo ativar ou desativar o relatório de atividade e outras definições, e account.microsoft.com/privacy para ver e limpar os dados dos menores.

Chegar onde pretende

Para uma aplicação de mapeamento indicar o percurso mais rápido para contornar um acidente na autoestrada, é necessário ter acesso à sua localização atual. Se perder o seu telemóvel Windows, pode localizá-lo num mapa utilizando a funcionalidade Localizar Telemóvel em account.microsoft.com. Para obter mais informações sobre como funcionam as definições e permissões de localização, leia O serviço de localização e a privacidade.

Noções básicas sobre os dados de diagnósticos que nos envia

Valorizamos a sua privacidade e estamos empenhados em certificar-mo-nos de que compreende que dados de diagnósticos são recolhidos no seu dispositivo. Ao utilizar o Visualizador de Dados de Diagnóstico, não tem de adivinhar que informações são fornecidas. Pode ver os dados de diagnósticos exatamente da forma que são apresentados quando são enviados para a Microsoft. Para descarregar a aplicação, visite a Microsoft Store.

Cortana

Cortana

A Cortana pode disponibilizar notícias de última hora sobre a equipa de desporto que segue na aplicação MSN Desporto, obter recomendações com base nos locais favoritos que assinalou na aplicação Mapas, obter alertas quando ocorrer uma alteração no voo que tem previsto e muito mais. Os tipos de dados que partilhar com a Cortana são totalmente controlados por si. A Cortana funciona melhor quando inicia sessão com a sua conta Microsoft e permite que utilize os dados do seu dispositivo, da Microsoft e de serviços de terceiros que escolheu para se ligar. No entanto, se optar por não iniciar sessão na Cortana nem partilhar dados adicionais, pode continuar a conversar no chat com a Cortana e a utilizá-la para o ajudar a procurar na Web e no seu dispositivo Windows. A Cortana só está disponível em determinados países/regiões e algumas funcionalidades da Cortana podem não estar disponíveis em todos os locais. Para obter mais informações sobre as definições da Cortana, leia A Cortana e a privacidade.

Facultar ajuda quando é pedida

Ao contactar-nos para obter suporte, poderá ser necessário indicar-nos o seu nome, número de telefone ou endereço de e-mail para o podermos contactar ou enviar-lhe e-mail. Também poderá ter de descrever o problema para o qual precisa de ajuda, o que pode incluir o tipo de dispositivo que está a utilizar, a versão do Windows e outros detalhes sobre o software, a impressora à qual está a tentar ligar ou outras informações pertinentes para o podermos ajudar. Se necessitar de reparar um dispositivo físico, teremos de saber o seu endereço postal para podermos enviá-lo de volta reparado.

Mostrar conteúdo que pode gostar

Informamo-lo sobre coisas que pensamos que irá gostar de saber. Por exemplo, podemos enviar-lhe e-mail para lembrá-lo de itens que ficaram no seu carrinho de compras online. Também apresentamos anúncios em alguns serviços e preferimos mostrar anúncios que ache interessantes. Se não quer ver publicidade baseada em interesses nos nossos serviços, informe-nos em choice.microsoft.com e a sua opção será aplicada.

Não utilizamos o que diz no e-mail, chat, chamadas de vídeo ou correio de voz, ou nos seus documentos, fotografias ou outros ficheiros pessoais para escolhermos os anúncios apresentados.

Criar dicionários personalizados

Para apresentar sugestões e correções automáticas de texto que realmente ajudam, criamos o seu próprio dicionário personalizado utilizando uma amostra das palavras que escreve tanto no formato digital como manual.

Os dados escritos incluem uma amostra dos carateres e palavras que escreve, das alterações que faz manualmente ao texto e das palavras que adiciona ao dicionário. Este dicionário pessoal pode manter-se no seu dispositivo ou pode optar por enviá-lo para vários dispositivos sincronizando as suas definições. Se ativar a Cortana, os dados de voz, utilização de tinta digital e escrita manual também são partilhados com a Cortana para ajudá-la a fornecer sugestões personalizadas. Para obter mais informações sobre esta funcionalidade e a sua privacidade, consulte a Voz, utilização de tinta digital, escrita e privacidade.

Sincronização entre dispositivos

Sincronização entre dispositivos

Para configurar automaticamente todos os dispositivos da forma que pretende, utilize uma conta Microsoft para iniciar sessão num dispositivo Windows e escolha a sincronização das definições em todos os dispositivos. Depois, se alterar as definições de um dispositivo, iremos sincronizar as alterações com os outros dispositivos com os quais optou por estar sincronizado quando iniciar sessão nesses dispositivos com a sua conta Microsoft.

Por exemplo, iremos sincronizar as definições da imagem de conta, fundo e rato, as definições das aplicações da Microsoft Store, o dicionário personalizado e os favoritos e o histórico do browser. Para alterar as definições de navegação na Web e outras de sincronização, aceda a Definições > Contas > Sincronizar as suas definições.

Armazenar ficheiros e criar conteúdo

Se carregar um ficheiro para o OneDrive, ficará disponível para si a partir de qualquer dispositivo ligado à Internet. Para o tornar disponível, temos de recolher o conteúdo desse ficheiro para o enviar para armazenamento, mostrá-lo a si no armazenamento e prepará-lo para poder fazer a respetiva transferência de novo.

No Microsoft Edge, pode anotar páginas da Web através da utilização de tinta digital (escrita manual) ou escrevendo as suas notas e, em seguida, pode recortar, guardar ou partilhar essas notas. Também pode criar e gerir listas de leitura e colocar todas essas listas, favoritos, transferências e histórico numa só área. Como pode criar esses conteúdos diretamente no nosso serviço, pode aceder-lhes a partir de todos os seus dispositivos.

Melhorar o Windows

Para nos ajudar a decidir que serviços funcionam bem e que serviços necessitam de melhoramentos, prestamos atenção à forma como as pessoas utilizam o Windows. Podemos detetar padrões nos problemas que os nossos clientes têm, compreender a causa e corrigir os problemas rapidamente. Também podemos concentrar os nossos recursos na atualização das funcionalidades que as pessoas utilizam com mais frequência e para melhorar ou até descontinuar aquelas que não são utilizadas. Estes dados, bem como os dados de diagnóstico e atividade, também podem ajudar-nos a identificar lacunas nos nossos serviços para podermos ajudar as pessoas a utilizar o Windows com mais eficácia. Quando ativa Melhorar a tinta digital e a escrita, também recolhemos amostras das suas informações de escrita digital e manual para melhorar os nossos dicionários e o reconhecimento de escrita manual para todos os utilizadores do Windows. Teremos o cuidado de remover identificadores e armazenar os dados divididos em blocos pequenos e aleatórios para que as informações sejam aplicadas ao melhoramento dos produtos sem pôr em causa a proteção das identidades dos clientes que as submeteram. Para obter mais informações sobre esta dados e a sua privacidade, consulte a Diagnóstico, feedback e privacidade no Windows 10.

Quando as pessoas optam por ativar os serviços de localização, podemos melhorar os nossos serviços de localização recolhendo informações sobre a localização de torres de telecomunicações e pontos de acesso Wi-Fi. Tais informações são armazenadas numa base de dados sem dados que identifiquem a pessoa ou o dispositivo a partir do qual foram recolhidas.

O Windows também oferece pré-visualizações a pessoas que se inscrevem no nosso programa Windows Insider, para que possam enviar-nos comentários enquanto o produto ainda está em desenvolvimento. Ao analisarmos a forma como utilizam o Windows e ouvirmos os seus comentários, ajudam-nos a criar melhores produtos que possam agradar a mais pessoas e empresas.

Se pretender aderir ao nosso Programa Windows Insider e fornecer-nos feedback, pode aderir em Insider.windows.com.

Tornar o sistema mais seguro

Para combater o software maligno e ajudar a proteger o dispositivo, criámos funcionalidades e ferramentas como o Antivírus do Windows Defender, o Windows Defender SmartScreen e a Ferramenta de Remoção de Software Malicioso. Se não existir outro software antimalware a proteger ativamente o seu dispositivo, o Antivírus do Windows Defender ativa-se automaticamente para ajudar a proteger o seu dispositivo contra software maligno e outro software indesejável. Se o Antivírus do Windows Defender estiver ativado, monitoriza o estado de segurança do seu dispositivo. Este programa prepara automaticamente relatórios para enviar à Microsoft sobre suspeitas de software maligno e outro software indesejável. Por vezes, o relatório inclui ficheiros que podem conter software maligno. Os ficheiros com probabilidade de não terem dados do utilizador são enviados automaticamente. No entanto, ser-lhe-á pedida permissão caso o Antivírus do Windows Defender pretenda enviar um documento, folha de cálculo ou outro tipo de ficheiro que provavelmente inclua conteúdo pessoal. Para impedir que o Antivírus do Windows Defender envie automaticamente relatórios e software maligno suspeito à Microsoft, aceda a Iniciar > Definições > Atualizar e Segurança > Segurança do Windows > Proteção contra vírus e ameaças > Gerir definições > Submissão automática de amostras.

O Windows Defender SmartScreen verifica os ficheiros transferidos e o conteúdo Web à medida que o utiliza, ajudando a filtrar software maligno, sites maliciosos, software indesejável e outras ameaças para si ou para o seu dispositivo.

O Windows Defender SmartScreen irá apresentar-lhe um aviso se determinar que o ficheiro ou o site é desconhecido ou potencialmente inseguro.

Para procurar software maligno conhecido nos dispositivos e ajudar a removê-lo, a Ferramenta de Remoção de Software Malicioso é executada no dispositivo pelo menos uma vez por mês, como parte do Windows Update. Durante a verificação do software maligno, a ferramenta pode enviar um relatório à Microsoft com dados específicos sobre o software maligno detetado, erros e outros dados sobre o seu dispositivo, para podermos combater melhor estas ameaças.

Manter o sistema atualizado

Para o Windows continuar a funcionar, continuamos a adicionar atualizações de produto, atualizações de segurança e novas funcionalidades. Para assegurar que as atualizações são corretamente executadas no seu dispositivo, precisamos de saber o que pode fazer o seu dispositivo e que controladores e software adicional instalou. Também é possível que verifiquemos se a atualização foi bem-sucedida.

Corrigir problemas

Quando algo corre mal nos serviços que utilizamos, o Windows recolhe as informações necessárias para diagnosticar e ajudar a corrigir problemas. Por exemplo, quando ocorre um problema, podemos recolher informações básicas de software e hardware, registando eventuais problemas de compatibilidade e desempenho de software e/ou as aplicações, os controladores e dispositivos que tem em execução na altura, bem como o tipo ou a gravidade do problema. Quando há soluções disponíveis, indicamos os passos para resolver o problema ou as atualizações que deve instalar. Por vezes, os erros que as pessoas comunicam ajudam-nos a evitar problemas futuros para outras pessoas, incluindo soluções em edições e atualizações futuras ao serviço.